NOVO MANUAL PARA O DIAGNÓSTICO DO HIV


O Ministério da Saúde publicou a 4ª edição do Manual Técnico para o Diagnóstico da Infecção pelo HIV em adultos e crianças.

 

A Portaria SVS/MS 29:2013, que aprova este Manual, estabelece que ele seja revisto semestralmente e atualizado à luz dos avanços científicos por um comitê composto por profissionais de notório saber.

 

Nesse sentido, esta 4ª edição do manual:

 

·         Atualiza o item 4.2, “Testes rápidos (TR)”, em especial no que se refere às “Situações e locais em que o Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das Infecções Sexualmente Transmissíveis, do HIV/Aids e das Hepatites Virais recomenda a utilização de testes rápidos”;

 

·         Atualiza o item 6, “Falhas e erros no diagnóstico da infecção pelo HIV”, esclarecendo os principais fatores relacionados à obtenção de resultados falso-reagentes e falso-não reagentes e às falhas na execução de testes rápidos;

 

·         Atualiza o item 7, “Tecnovigilância”;

 

·         Aprimora a redação dos procedimentos e considerações para a utilização dos fluxogramas de testagem da infecção pelo HIV-1, trazendo maior detalhamento de cada etapa;

 

·         Especifica as etapas para testagem presencial e não presencial no Fluxograma 1;

 

·         Atualiza o Fluxograma 6 (Figura 19);

 

·         Aprimora a redação das recomendações para o diagnóstico da infecção aguda pelo HIV-1 e da infecção pelo HIV-2;

 

·         Aprimora a redação do original como um todo, com vistas a dar mais clareza ao texto e dirimir as dúvidas que os usuários apontaram ao implementar as ações, facilitando ao leitor a compreensão do texto.

 

Acesse a íntegra do Manual de HIV do M.S. 4ª ed. aqui 



Publicado em: 14/10/2018

Inscreva-se





ÁREA RESTRITA