Saiu o V Consenso de Autoimunidade


No final do mês de maio de 2015 foi publicado o artigo Report on the second International Consensus on ANA Pattern (ICAP) workshop in Dresden 2015 (http://journals.sagepub.com/doi/pdf/10.1177/0961203316640920) na SAGE Journals. A SAGE é uma companhia independente, fundada por Sara Miller McCune em Nova Yorque, em 1965 e publica anualmente mais de 1.000 jornais e 800 livros.

A segunda reunião para o consenso internacional sobre anticorpos antinucleares (FAN) padrão ICAP (http://www.anapatterns.org/) foi realizada em 22 de setembro de 2015, pré 12º Simpósio Dresden em auto anticorpos em Dresden, Alemanha. O objetivo final do ICAP é promover a harmonização e compreensão da nomenclatura de auto anticorpos e desse modo otimizando o uso do ANA no tratamento do paciente. Foi desenvolvido e apresentado para os mais de 50 participantes, seguido por várias apresentações e discussões focando chave de questões, incluindo a classificação de dois níveis de padrões de FAN e a necessidade para desenvolver um consenso sobre como os resultados devem ser relatados. Para avançar com o objetivo, o ICAP deve promover uma maior participação internacional e foi decidido que deve haver um plano consolidado para traduzir documentos de consenso para outras línguas, recrutando a ajuda dos membros das respectivas comunidades.

O Lúpus – doença inflamatória crônica autoimune, é desencadeada por um desequilíbrio no sistema imunológico, que deveria proteger a pessoa contra agentes externos, como bactérias e vírus, através da produção de anticorpos. O diagnóstico de lúpus é feito através do reconhecimento pelo médico dos sintomas sugestivos da doença e de exames com resultados alterados. O FAN (fator antinuclear) é um exame realizado numa amostra de sangue que apresenta resultado positivo em quase todos os pacientes com lúpus; resultado negativo praticamente exclui essa doença.

Na página do Consenso Brasileiro para pesquisa de autoanticorpos células HEp-2, você encontra o V Consenso, ocorrido em Brasília/DF em agosto de 2016, que manteve a estrutura de laudo discutida no IV Consenso apenas com a ressalva de que os laboratórios apresentem no laudo, na definição do padrão, o código do ICAP, sempre que disponível. No exemplo abaixo o padrão nucleolar homogêneo que tem como código internacional AC-8:

 

Abaixo, a árvore completa com os códigos ICAP, que pode ser acessada neste link (http://www.hep-2.com.br/arvores.php) :

 

O PNCQ disponibiliza amostras para Controle Externo e Interno da Qualidade para FAN. Acesse nosso Catálogo de Produtos.



Publicado em: 2/5/2017

Inscreva-se





ÁREA RESTRITA