Por que participar de um Programa de Controle Externo da Qualidade?


Além de obrigatório pela RDC 302:2005 da ANVISA, o Controle Externo da Qualidade é um elemento fundamental para a garantia da qualidade dos exames laboratoriais, assegurando a comparabilidade dos resultados com outros laboratórios, o que permite avaliar o seu desempenho em longo prazo.

Através do Programa de Controle Externo da Qualidade PRO-EX, o laboratório clínico pode:

  • Obter informações do grau de desempenho analítico de seu laboratório em relação a todos os demais laboratórios participantes do PNCQ;
  • Detectar alguma não conformidade em seus processos, possibilitando a implantação de ações corretivas (e preventivas), alcançando deste modo um desempenho analítico de excelência;
  • Comparar seus resultados com os de outros laboratórios que utilizam a mesma metodologia;
  • Estudar a influência dos métodos, padrões e calibradores utilizados;
  • Auxiliar no diagnóstico e tratamento das enfermidades dos pacientes.

O Controle Externo da Qualidade ou Ensaio de Proficiência – PRO-EX é constituído de uma série de amostras-controle que o PNCQ envia, mensalmente, aos Laboratórios Participantes, elaborado de acordo com os termos contratuais, para que eles venham a conhecer a sua exatidão.

São 4 tipos:

  • Laboratórios Clínicos
  • Bancos de Sangue
  • Biologia Molecular
  • Citologia

Para os Laboratórios Clínicos existem o Programa Básico (obrigatório) e diversos Programas Avançados.

Confira tudo nos Contratos.



Publicado em: 2/5/2017

Inscreva-se





ÁREA RESTRITA