Nacionalização de insumos traz economia de US$ 2 milhões por ano ao programa



Com o objetivo de detectar falhas no processo e ajudar os laboratórios de análises clínicas a melhorarem seu desempenho, o Programa Nacional de Controle de Qualidade (PNCQ) vem ampliando serviços e atuação. Inaugurou nova e ampla sede em 2009 e, em 2010, passou a produzir insumos para suas testagens, o que vem ao encontro da Medida Provisória nº 495, editada recentemente, que contribuirá para a redução das importações do segmento médico-hospitalar, que registrou em 2009 um déficit de US$ 2,2 bilhões na balança comercial.
Dessa maneira, o PNCQ, patrocinado pela Sociedade Brasileira de Análises Clínicas (SBAC), aderiu ao processo de nacionalização integral em sua produção de insumos. Com a prática, ao longo de 2010 o PNCQ deixará de importar cerca de dois milhões de dólares em soro liofilizado usado nos kits enviados mensalmente para os mais de 3.700 laboratórios participantes de seu programa de controle de qualidade. Com a fabricação própria, que passou a ser feita na sede do Programa, no Rio, o PNCQ terá uma economia de divisas para o País e desenvolverá tecnologia específica (P&D) para esta produção.


Publicado em: 10/4/2015

Inscreva-se





ÁREA RESTRITA