1.632 laboratórios são reconhecidos por sua excelência


 


O Programa Nacional de Controle de Qualidade (PNCQ) classifica os laboratórios participantes do Pro-EX (Programa Externo do Controle da Qualidade) em Excelente, Bom, Regular e Ruim. Essa categorização é dada de acordo com o grau de acertos nos laudos das amostras-controle do Controle Externo da Qualidade (CEQ).


Excelente: acima 81% de acertos


Bom: entre 76% e 80% de acertos


Regular Bom: entre 65% e 75% de acertos


Ruim Bom: abaixo de 65% de acertos


 


Os melhores, isto é, os que mantêm acertos acima de 81% recebem do PNCQ um certificado anual de excelência. Em outubro, foi divulgado o balanço anual – de outubro de 2012 a setembro de 2013 – das avaliações com dados que mostram o empenho dos laboratórios em fazer controles de qualidade cada vez mais rigorosos. Matematicamente falando é o aumento do número de laboratórios para cada categorização: 


 


 


 




































Categoria do Certificado



Quantidade em 2012



Quantidade em 2013



Diamante



20



31



Platina



190



200



Ouro



545



618



Prata



732



783



Bronze



157



199



 


O Coordenador Geral do PNCQ, Dr. Abol Côrrea, lembra que o número de laboratórios que fazem rigoroso controle de qualidade é ainda maior, pois a emissão dos certificados é feita à medida que o laboratório solicita o documento. “O certificado é uma ferramenta de marketing que o PNCQ oferece aos laboratórios participantes do Pro-EX para ajudá-los a divulgar aos seus clientes o desempenho”, conta.



Confira as exigências:































Categoria do Certificado



Tempo de participação consecutiva com classificação Excelente



Diamante



20 anos



Platina



15 anos



Ouro



10 anos



Prata



05 anos



Bronze



03 anos





Publicado em: 10/4/2015

Inscreva-se





ÁREA RESTRITA